Saiba tudo sobre energia solar

Saiba tudo sobre energia solar

  • Publicado em 3 de novembro de 2021
  • Por Group Energia

A energia solar é um tipo de energia renovável e limpa produzida através da luz ou calor do sol. É uma das fontes alternativas mais acessíveis e que causam baixo impacto no meio ambiente. 

Neste artigo você vai entender um pouco mais sobre a atuação do sol na produção e os tipos de geração de energia, suas principais vantagens e como funciona esse mercado aqui no Brasil. Continue a leitura! 

A fonte abundante de energia: o sol

Sabemos de vários benefícios do sol, desde a importância para a nossa saúde até a radiação natural na fauna e na flora. A questão é que, além disso, ele também pode ser uma fonte de energia limpa e inesgotável.

Para fazer uso desse tipo de energia não é preciso alterar nada, diferente da energia que vem das hidrelétricas, por exemplo. Para que ela seja produzida, todo um ecossistema precisa ser alterado para a construção da usina hidrelétrica que, por sua vez, custará bilhões de reais.

Com o sol é diferente! Ele sempre esteve e estará na forma ideal para utilizarmos: fornecendo luz e calor abundantemente. Basta saber desfrutá-lo da melhor maneira.

Sendo assim, essa fonte – o sol – pode ser revertida em energia de três formas: por aquecimento solar, por painéis solares fotovoltaicos e por usinas heliotérmicas. Mas antes de falarmos sobre elas, vamos conhecer alguns benefícios e malefícios de se consumir energia solar.

Vantagens e Desvantagens de se utilizar energia solar

O sol é uma ótima fonte de energia, por ser abundante e gratuita, e isso já sabemos. Vamos descobrir, então, outros benefícios da energia solar:

  • Consumir energia renovável e limpa, que agride minimamente o meio ambiente.
  • Diminuir a poluição causada pela queima de combustíveis fósseis, utilizados em outras formas de geração de energia.
  • Evitar o desmatamento e degradação do ecossistema, uma vez que a produção de energia solar não carece de uma área extensa.
  • Aproveitar o potencial de um país tropical, como o Brasil, de gerar esse tipo de energia – devido a grande incidência solar na maior parte do ano.
  • Possibilidade de reduzir em até 95% a sua conta de luz.
  • Alternativa para driblar os reajustes tarifários da conta de energia. 

Por outro lado, seguem algumas desvantagens:

  • Dependência do clima e do tempo – um período sem incidência solar impedirá a geração de energia.
  • Processo excepcionalmente diurno – não há como produzir energia solar à noite.
  • Necessidade de um alto investimento inicial para utilizar esse tipo de energia em casa com o modelo tradicional.

Sobre essa última desvantagem, existe a possibilidade de usar a energia solar sem precisar de investimentos e obras, vamos falar mais sobre isso logo abaixo. 

Agora que você já viu o quanto a energia produzida pelo sol pode trazer, em especial, vantagens, vamos entender melhor como ela pode ser produzida.

Formas de geração de energia solar

1- Aquecimento Solar 

Essa prática faz uso de coletores solares e reservatórios térmicos para transformar a radiação solar em energia térmica e aquecer líquidos, normalmente água.

Basicamente, os coletores são instalados em um local de alta incidência solar, como telhados, e são compostos por tubos metálicos de cor escura onde a água circula até que seja aquecida. 

Depois disso, a água quente fica armazenada nos reservatórios (boilers) até que seja utilizada nas torneiras, chuveiros ou onde for necessário.

2- Usinas Heliotérmicas  

Esse tipo de usina utiliza a luz do sol de maneira indireta, isso porque os raios solares são apenas uma parte do processo de produção de energia elétrica.

Primeiramente, é necessário que sejam instalados painéis refletores de luz solar, distribuídos de modo a concentrá-la em um único ponto. Nesse ponto, a radiação solar é transformada em calor e utilizada para aquecer um fluido, geralmente água.

Por sua vez, o fluído aquecido evapora e o vapor move turbinas. Essas sim geram energia elétrica que pode ser distribuída.

3- Painéis solares fotovoltaicos

Essa é a forma de geração de energia solar mais utilizada no Brasil:  a fotovoltaica. 

Esse método direto de produção de energia solar consiste em uma placa composta por células solares de material semicondutor, normalmente cristais de silício. 

Quando a luz solar atinge as células, os fótons (presentes na luz) entram em contato com os elétrons dos átomos de silício e criam uma corrente elétrica, gerando, então, energia elétrica. 

Essa, por sua vez, é armazenada em uma bateria e pode ser usada em qualquer aparelho elétrico. O que não for utilizado ainda pode ser injetado na rede de distribuição e gerar créditos de energia para o usuário.

Segundo a CNN, em 2020 a instalação de painéis solares fotovoltaicos cresceu 70%, demonstrando desenvolvimento da indústria de energia solar mesmo em meio à pandemia.

É muito caro instalar um sistema de energia solar em casa?

Para ter painéis solares em casa é necessário levar em conta dois custos. O primeiro é o Kit de Energia Solar em si, que inclui não só as placas fotovoltaicas, mas toda a estrutura necessária para começar a utilizar energia solar em casa, como os cabos, conectores e etc. 

O segundo é o custo da instalação, pois é necessário contratar profissionais especializados nesse tipo de serviço que farão o projeto, a instalação e a homologação para que você possa utilizar o sistema com segurança.

O preço mínimo para um projeto como esse é, em média, de 15 mil reais. Varia de acordo com o seu consumo mensal de energia e com o tamanho do sistema que precisaria ser instalado. 

Não consigo investir tudo isso, há outra forma de utilizar energia solar?

Felizmente, sim! É possível utilizar energia solar através da geração compartilhada.

Esse método consiste em fazer uso da resolução da ANEEL, lançada em 2015, que permite ao consumidor brasileiro gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes de energia renováveis, e ainda injetar o que ele próprio não consumir na rede de distribuição local. 

Dessa prática, surgem as fazendas solares: uma grande área rural que comporta vários painéis fotovoltaicos. Essas fazendas têm capacidade de produzir uma grande quantidade de energia solar e, assim, injetar o excedente na rede de distribuição para gerar créditos de energia. 

Para que você tenha acesso a essa energia, basta entrar em um consórcio de energia por assinatura! Assim, os créditos gerados na Companhia Energética local podem ser utilizados pelos consorciados que, além de consumirem energia renovável, podem garantir um desconto de até 23% na conta de luz.

Como ingressar em um consórcio de energia solar por assinatura?

Vamos te contar a forma mais vantajosa de consumir energia solar por assinatura: aqui na Group Energia!

Além da oportunidade de cuidar do meio ambiente consumindo uma energia totalmente limpa, a Group ainda oferece o maior desconto do mercado! 

Os condomínios podem chegar até 23% de desconto na conta de luz. Faça sua simulação ou fale já com um de nossos consultores para saber mais, é só clicar aqui.

Veja também

Saiba tudo sobre energia solar

Saiba tudo sobre energia solar

A energia solar é um tipo de energia renovável e limpa produzida através da luz ou calor […]

Energias renováveis: saiba como funcionam na prática

Energias renováveis: saiba como funcionam na prática

Estamos vivendo um momento onde conciliar o desenvolvimento econômico com a sustentabilidade ambiental se tornou uma obrigação […]